Já parou para pensar de como seu cliente se relaciona com a sua marca?
Você pode ter a maior companhia do mundo, se seu cliente não sabe disso, é porque a comunicação não está sendo feita corretamente.

E é através do Branding descobrimos algumas questões para construímos uma marca forte e engajada.

Mas afinal, o que é Branding?

Branding são todas as formas de contato entre o consumidor e a marca, desenvolve estratégias, assessora a marca e estrutura ações que atuam com o objetivo da marca.

Para o pai do marketing Philip Kloter:

 “Branding significa dotar produtos e serviços com o poder de uma marca. Está totalmente relacionado a criar diferenças. Para colocar uma marca em um produto, é necessário ensinar aos consumidores quem é o produto batizando-o, utilizando outros elementos de marca que ajudem a identificá-lo bem como a que ele se presta e por que o consumidor deve se interessar por ele”.

É um processo bastante trabalhoso a construção de uma marca, porque compreendemos as conotações emocionais de cada detalhe da imagem da empresa, produto e/ou serviço e pessoas.

Outro especialista no assunto é o David Olgilvy, considerado um dos gurus do Branding:

“A marca é a soma intangível dos atributos de um produto; seu nome, embalagem e preço, sua história, reputação e a maneira como ele é promovido. A marca é também definida pelas impressões dos consumidores sobre as pessoas que a usam; assim como pela sua própria experiência pessoal.”

Para uma marca ser efetivamente forte, é preciso entender todas as ferramentas do mix de comunicação, que amplia a entrega da mensagem, da empresa para o consumidor. E para isso, é preciso estar bem definido sobre o que é o seu negócio, seu posicionamento e o valor que irá entregar ao cliente.

“Branding: persuadir os de fora a comprar e persuadir os de dentro a acreditar.” – Wally Olins

Por que investir em Branding?

Tudo se resume em valor. O Branding identifica a essência da marca, contando sua história e constrói valores, tanto intangível que referente no mercado que está inserida, tanto nos preços das ações.

Fortalece o vínculo dos colaboradores e zela pela reputação da empresa, estimula o consumo, a fidelidade dos clientes, refletindo no aumento do seu valor e do seu faturamento.

Quando investir?

Não há uma regra. Mas um momento adequado para os empreendedores é no começo da criação do negócio, quando estiver definido o posicionamento, valores e a estratégia de mercado.

É de vital importância também o frequente monitoramento do comportamento do consumidor, análise da concorrência, hábitos de consumo, mídias, tecnologia e inovações que surgem o tempo todo.

Saiba como está seu negócio e o que fazer para ter marca forte e influente no mercado.

Analise meu negócio

 

 

SIGA-NOS
instagramicon